Skincare: 5 dicas para turbinar a ação do hidratante na pele

Skincare: Já está comprovado cientificamente que uma pele hidratada funciona como um verdadeiro escudo de proteção contra as agressões do ambiente externo: poluição, bactérias e até mesmo radiação. Segundo Heloisa Olivan, cosmetóloga do Instituto Olivan, em São Paulo, a hidratação da pele é a protagonista para combater o envelhecimento, as manchas, a acne e a sensibilidade. “Uma pele mais hidratada é também uma pele mais elástica e menos suscetível às marcas geradas pelas linhas de expressão e rugas. Além disso, a pele hidratada é uma barreira de proteção e todo mundo precisa proteger o maior órgão do nosso corpo, principalmente quem tem tendência a acne e dermatites”.

LEIA MAIS:
Entenda o caso Mariana Ferrer, que mobilizou o país
SPFW comemora 25 anos com edição digital que ocupará cidade
Temporada de calor: saiba como prevenir o surgimento de manchas na pele

Com tantos benefícios do skincare não é de se estranhar que os cremes hidratantes sejam os grandes coringas dos cuidados com a pele e a forma correta de utilizá-los contribui muito para uma pele mais saudável e luminosa. Confira a seguir, dicas de como potencializar a ação do hidratante na sua rotina de skincare:

Limpe bem a pele antes de aplicar o hidratante

Quando o assunto é skincare e limpeza, os erros mais comuns são: utilizar produtos que não são adequados para o seu tipo de pele, lavar demais ou de menos e utilizar sabonetes que limpam excessivamente e removem, além das impurezas, o manto hidrolipídico que protege a nossa pele da desidratação. “O ideal é lavar o rosto duas vezes ao dia, pela manhã e à noite, independentemente da pele ser oleosa, seca ou mista. Escolha sabonetes faciais específicos para o seu tipo de pele e que contenham ativos que desempenhem funções adicionais à limpeza. Por exemplo, o extrato glicólico de Hibiscus estimula a renovação celular. Já a aveia coloidal age como hidratante”, diz.

Se você tem o hábito de usar maquiagem, é muito importante demaquilar a pele previamente à lavagem, pois normalmente os sabonetes não conseguem remover todo o pigmento contido nas makes. “Se o sabonete tiver ingredientes que equilibrem o microbioma, melhor ainda! A pele possui uma comunidade de microrganismos que vive tanto na superfície quanto nas camadas mais internas, cujo papel é nos defender contra os agressores externos e evitar a perda de água excessiva. Para que essas funções sejam desempenhadas de forma efetiva, todo esse ecossistema deve estar equilibrado”, completa.

Beba bastante água

Parece mais do mesmo, mas o conselho é válido não só para manter a saúde do corpo, mas também da pele. Então, a primeira forma de conquistar uma pele hidratada é ingerir muita água. “Para saber a quantidade de água exata que você precisa tomar por dia, a primeira coisa a se fazer é saber o seu peso. E que fique claro que água é água! Outros líquidos como suco, chá e afins não contam para essa finalidade”, reforça.

Entre 70% e 75% do nosso corpo é composto por água e a nossa hidratação depende justamente da manutenção desse percentual. “Então beba água! Faça chuva, sol ou neve… A saúde da sua pele depende da água para ter um bom nível de elasticidade e, consequentemente, menos linhas de expressão e rugas”, finaliza.

Esfolie a pele

Produtos esfoliantes ser usados de uma a duas vezes por semana e contribuem muito para que a pele torne-se mais fina e livre de detritos, facilitando a penetração dos cremes, incluindo os hidratantes. “O esfoliante realiza uma limpeza profunda através de partículas minúsculas que fazem uma leve abrasão (atrito) na camada superficial da pele e, além de retirar a sujeira, a oleosidade e as células mortas acumuladas, estimula a renovação celular”, diz.

Ele deve ser aplicado com movimentos circulares suaves sobre a pele molhada e previamente lavada. “Deixe na pele por dois ou três minutos, para que os princípios ativos possam agir, e, em seguida, enxágue”, recomenda.

Preste atenção no tipo e na fórmula do hidratante

Não somente a textura e forma de aplicação do skincare influenciam, mas também o mecanismo de ação de um determinado produto. Segundo Heloisa, existem três mecanismos que promovem a hidratação da pele:

  • Diminuir a perda de água através da pele (processo conhecido como emoliência ou oclusão) pelo uso de substâncias lipídicas, como óleos por exemplo. “Os umectantes agem como amaciantes e formam uma capa protetora, impedindo que a água evapore. Nesse quesito, os óleos vegetais ganham o troféu de ouro! O óleo vegetal de Jojoba é um óleo que possui grande compatibilidade com a pele humana, fornecendo maciez e uma textura aveludada. É rico em vitamina E e não é comedogênico, podendo ser usado até mesmo em pele oleosa e acnéica”, diz.
  • Reter a água nas camadas superficiais da pele, através de um processo chamado de umectação. Os umectantes funcionam como uma esponja e retém água na superfície da pele. “Aqui destacam-se a glicerina, D-pantenol, ácido hialurônico e novamente os óleos e extratos vegetais. Os óleos vegetais de Rosa Mosqueta, Buriti e Gérmen de Trigo também são ótimas opções”.
  • Promover a hidratação celular (hidratação ativa). “Neste caso, os ingredientes conseguem penetrar na pele, ligando-se às moléculas de água, retendo-as em toda sua extensão e não somente superficialmente. O hidratante ideal é aquele que alia mais de um tipo de mecanismo em um único produto. Quanto à forma de aplicação, a indicação é fazer uma fina camada sobre a pele, com a pele limpa e seca, de uma quantidade de produto suficiente para cobrir o rosto por inteiro”, diz. Excesso de produto não fará o efeito ser mais rápido ou eficiente. “Para os cremes faciais, a quantidade equivale ao tamanho de uma lente de contato. Peles mais secas podem precisar de uma camada um pouco mais generosa para garantir a hidratação desejada”, completa.

Faça uma massagem facial

Movimentos simples do skincare proporcionam benefícios como drenagem, estímulo circulatório, oxigenação celular, além da otimização da penetração dos ativos presentes nos cosméticos. “O ideal são movimentos de dentro para fora na face e de baixo para cima no pescoço. Aliás, um dos maiores sinais reveladores de envelhecimento é um pescoço enrugado. Não negligencie essa área, principalmente se gostar de exibir um decote por aí. Incline o pescoço para trás e coloque os dedos esticados na linha do maxilar, aplique o produto do queixo até ao decote e então faça uma pressão suave à medida que for descendo. Em tempos de “tech neck” (ou Síndrome do Pescoço Tecnológico), nosso pedestal de beleza merece cuidados especiais”, afirma.

Além dessas dicas, para conquistar uma pele mais hidratada é preciso ficar de olho nos hábitos diários, que incluem usar protetor solar, evitar produtos que contenham muito alcool na fórmula e não exagerar no uso de sabonetes, buchas e água quente para lavar a pele.

Via: Marie Claire

Compartilhar: