Empreendedorismo feminino

Muitas mulheres, donas de casa, executivas, de idades diversas, estão deixando seus empregos fixos, salários, segurança, estabilidade, para empreender.

MOTIVAÇÃO? 

Para muitas a necessidade de ter uma renda, sua independência financeira e muito mais que isso, a realização profissional o respeito, realização de sonhos (metas), colocar como metas, porque sonhos às vezes ficam apenas quando dormimos, e METAS, temos como alcança-las, com objetividade e foco.

Estamos diante de um ano totalmente atípico, e mesmo assim, nesta pandemia, o empreendedorismo tem crescido, e neste segmento, o destaque vai para o grande número de mulheres neste segmento.

Fontes seguras como o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o empreendedorismo cresceu nestes dois últimos anos entre as mulheres, como principal fonte de renda de 38% para 45%, e vai além, existem as Microempreendedoras Individuais (MEI) com um percentual de 48% sendo mulheres.

E para lembrar dessas Mulheres, que merecem todo nosso respeito e admiração, comemoramos nesta quarta-feira, 19 de novembro, o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino.

A ONU – Organização das Nações Unidas, criou esta data homenageando mulheres que conquistam seu espaço, sabendo não ser nada fácil, mas estão numa ascensão profissional respeitada.

Por isso, ressaltamos algumas dicas para que você possa tirar seus planos do papel e entrar no mundo dos negócios, o que impulsiona a economia do país e transforma a vida de várias mulheres. 

Empreender

Tudo começa com um desejo, o interesse em algum segmento para montar seu próprio negócio, e existe uma sequência de análises que deverão ser seguidas para ter sucesso neste empreendimento:

Mesmo que já tenha seu projeto, ou para quem ainda não tem definido, seguem algumas dicas de como prosseguir e obter resultados:

Aptidão – Analise e identifique seu talento: 

Procure trabalhar com aquilo que realmente gosta, isso facilitará o seu trabalho e fará tudo com muito mais prazer.

Saiba quanto deverá investir ($) no segmento que escolher empreender;

 

Planejamento e Capacitação: busque todo tipo de informação e conhecimento sobre seu projeto, antes que ela seja colocada em prática, estruturando, sem pressa, para que seja apenas sucesso.

Isso inclui o planejamento financeiro, o capital que pretende investir, para dar continuidade ao projeto.

– Análise de mercado

– Plano de negócios

– Concorrência

 

Hoje já existem muitas redes de empreendedorismo feminino, que podem te ajudar na troca de experiências, isso estimulará a continuidade ao seu projeto podendo ser muito inspirador.

Busque:     Conhecimento, Inovação, equilíbrio e liderança.

Não pense que sair da zona de conforto é fácil, por isso, prepare-se física e mentalmente para a nova batalha.

Tudo servirá de aprendizado.

Para alcançar seus objetivos, necessita de muito trabalho, conhecimento, inovação. Seja determinada.

 

Sites que podem te ajudar e orientar trazendo bastante informações:

https://Hashtagmulher.com.br

https://www.empreendedorismo.org.br. 

https://imulherempreendedora.com.br/

 

Compartilhar: