Apesar do que dizem algumas fake news por aí, não existe alimentos ou nutriente milagroso que evite ou trate a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A imunidade é formada por um conjunto de fatores que atuam contra diferentes doenças, vírus e bactérias. Não podemos elencar um único alimento ou uma vitamina para resolver um problema de saúde”, aponta o infectologista Hélio Bacha, do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, à Agência Einstein.

 

 

Ter uma alimentação balanceada ajuda a fortalecer o sistema imunológico para enfrentar infecções como a do coronavírus.

A quarentena imposta pela crescente contaminação por coronavírus tem impacto na rotina, o que gera mudanças, principalmente na alimentação. Muitos dos que trabalham passaram a fazer home office, mas cozinhar pode se tornar uma atividade complexa. Principalmente para quem precisa conciliar compromissos, como cuidar de filhos ou de pais já idosos.

Comer mal e dormir mal são ações que podem reduzir a imunidade do nosso corpo. Não existem alimentos milagrosos que curem ou evitem a Covid-19, mas que hábitos saudáveis podem ajudar.

A fim de melhorar a imunidade do organismo, além de reforçar a alimentação, é preciso adotar um estilo de vida mais saudável.

Obviamente, a alimentação tem que estar associada a outros pilares para uma vida saudável: sono, exercício físico regular e gerenciamento de estresse.

Cuidar da alimentação, no entanto, é ainda mais crítico em uma situação de pandemia. É importante manter uma boa imunidade.

É importante, sobretudo, ingerir alimentos de alta densidade nutricional. Aqueles que são ricos em vitaminas e minerais. Nesse quesito, entra a conhecida tríade fruta, verdura e legume. A lista é extensa e, em geral, vale tudo.

No entanto, opções como laranja, abacaxi e ervas como a salsinha, ricas em vitamina C e em outros micronutrientes.

A restrição de academias e de exercícios físicos também altera a alimentação. Com o corpo parado, de preferências a alimentos de baixo índice glicêmico.
Aqueles que possuem carboidratos mais complexos:

  • Leite, iogurtes e queijos
  • Cereais integrais como farinha de trigo integral, aveia, farelo de aveia
  • Feijão, soja, ervilha, grão de bico
  • Pão integral, macarrão integral
  • Frutas como maçã,  kiwi,  morango
  • Verduras em geral

Compartilhar: