Bolsa brasileira lança programa de estágio em tecnologia voltado para mulheres

Com foco em atrair mais diversidade para a área de tecnologia da empresa, a bolsa brasileira, a B3, lançou um programa de estágio focado em mulheres. Serão 20 jovens selecionadas para trabalhar na companhia e participar dos cursos de capacitação, desenvolvendo suas habilidades visando a efetivação.

LEIA MAIS:
ONU Mulheres apresenta estudo e iniciativas em busca da equidade de gênero no esporte
Por que as mulheres jovens estão ganhando mais que os homens em muitas cidades dos EUA
Por que a intensidade dos orgasmos femininos depende do assoalho pélvico

Bolsa B3: Inscrições

O processo seletivo para essa bolsa será realizado em parceria com Universia Consultoria, e as inscrições podem ser realizadas neste link. O perfil para as candidatas inclui ser mulher cursando Ciência da Computação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Tecnologia da Informação, Engenharia de Softwares ou de Sistemas.

A previsão de conclusão do curso deve ser entre julho de 2023 e dezembro de 2024 e a candidata deve ser residente da cidade de São Paulo ou ter disponibilidade de mudança para atender ao modelo híbrido de trabalho.

Durante o programa serão desenvolvidas soft e hard skills (habilidades que podem ou não ser mensuradas por métricas) por meio de mentoria, treinamentos e projetos de voluntariado, com o objetivo de preparar as 20 estagiárias selecionadas para serem efetivadas.

Além do desenvolvimento de habilidades socioemocionais, haverá capacitação técnica realizada por trilhas de desenvolvimento customizadas na Alura, plataforma de cursos de tecnologia. O primeiro ciclo de efetivações ocorrerá após 6 meses do início do programa, e o segundo, em 1 ano.

Fonte: Valor Investe

Compartilhar: