Alimentos que recarregam as energias

Os cuidados com a alimentação são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Diversos alimentos, como banana, canela e gengibre, ajudam a melhorar a disposição no dia a dia. Porém, é importante observar que, mesmo sendo saudáveis, a maioria deles são calóricos, apesar de energéticos. Por isso, é importante consumir com moderação, associados à uma dieta balanceada e à prática de exercícios, sempre que possível.

LEIA MAIS:
Como controlar a oleosidade da pele
Alimentos para desinchar, regular o intestino e com efeito detox
Karol Conka e sua maquiadora revelam truques de beleza para pele negra

Segundo a nutróloga Patrícia Cavalcante, embora todos os alimentos sejam fonte de energia, apenas alguns deles contêm nutrientes que podem ajudar a manter os níveis de disposição ao longo do dia. “O café pode ser o primeiro alimento que você pensa em consumir quando está procurando um aumento de energia. Ele é rico em cafeína, que passa rapidamente para a corrente sanguínea e para o cérebro, onde leva a um aumento na produção de epinefrina – um hormônio que estimula o corpo e o cérebro. Seus efeitos estimulantes podem fazer você se sentir alerta e concentrado”, explica a especialista. Ela não recomenda o consumo maior do que 400 mg de cafeína por dia – equivalente a 4 xícaras de café.

A cafeína, citada por Patrícia, também é uma importante aliada para as pessoas que fazem exercícios físicos. “Ela comprovadamente ajuda a aumentar o desempenho esportivo. Além disso, o chá verde pode ser um bom impulsionador da energia para a atividade física, pois pode diminuir a fadiga, aumentando a decomposição da gordura e a liberação do hormônio epinefrina”, enfatiza.

Mas, atenção! A médica ressalta que pessoas com problemas gástricos devem evitar bebidas com cafeína e quem tem alguma doença cardiovascular e ansiedade deve consumir essas bebidas com moderação. “Uma opção é o chá da erva mate que, ao contrário de outros estimulantes, não parece afetar a pressão arterial ou a frequência cardíaca”, destaca.

Dica valiosa: a comida é combustível

Patrícia salienta, ainda, que uma escolha acertada para o cardápio do café da manhã melhora os níveis de energia. “Prepare um café da manhã anti-fadiga, uma vez que o que você come no café da manhã pode afetar sua sensação por horas. Fazer a escolha certa é fundamental para sua manhã. Procure uma combinação de alimentos como proteínas magras, grãos inteiros, nozes e frutas com baixo teor de açúcar.”

Alimentos que dão disposição

A nutricionista Maria Isabel Fagundes orienta sobre o que consumir para ter mais energia e disposição ao longo do dia. Ela sugere que fiquemos de olho na montagem dos cardápios e na importância de não pular nenhuma refeição. “Você pode brincar com os alimentos e especiarias, por exemplo. De lanche da tarde, para dar um pique e aumentar a concentração, você pode tomar uma xícara de chá verde, grelhar uma banana com óleo de coco e polvilhar com canela. Está aí um excelente lanchinho, rico em fitoquímicos que auxiliam na disposição”, recomenda.

Confira a lista de alimentos que dão mais energia, eleitos pela nutricionista Maria Isabel Fagundes:

  1. Café: por conta da cafeína;
  2. Chá verde: por causa da cafeína e de substâncias que ajudam a melhorar a concentração de dopamina e serotonina, dando maior sensação de bem-estar;
  3. Chocolate amargo: por conta dos flavonoides e de cafeína, dão energia;
  4. Banana: aumenta a produção de serotonina, além de regular os níveis de potássio no organismo;
  5. Água: a desidratação é uma grande causadora do cansaço. O consumo de água consegue regular isso;
  6. Óleo de coco: por conter triglicerídeos, dão o maior pique;
  7. Canela e gengibre: são termogênicos naturais.

Via: MarieClaire

Compartilhar: