7 dicas para organizar o guarda-roupa durante a quarentena

Se você está com mais tempo livre nesta quarentena é um bom momento para, enfim, colocar o guarda-roupa em ordem e eliminar do armário o que não usa mais. Muitas vezes, porém, a bagunça é tão grande que fica difícil saber por onde começar.

Por isso, a Vogue consultou Juliana Tude Francez e Suel Peniche Foz, da empresa de organização White Home, para saber dicas práticas e essenciais para organizar o guarda-roupa ou closet.

“Ter um guarda-roupa em ordem otimiza a sua rotina, facilita o manuseio das suas roupas de maneira eficiente, levando você ao melhor aproveitamento de tudo o que tem”, afirmam.

Leia mais:
10 dicas para não se preocupar tanto com os hábitos alimentares durante a quarentena
12 dicas para dormir melhor na quarentena
Sexo seguro: diretrizes para a pandemia do coronavírus

Tenha consciência do seu espaço

“A partir disso, você consegue começar a planejar a sua organização. Se você tem um espaço pequeno, por exemplo, precisa ser criterioso ao escolher o que fica e o que vai sair”.

Elas sugerem começar fazendo uma triagem. “Separe as roupas rasgadas, furadas, manchadas, largas e apertadas. Tire tudo o que você não usa e não gosta mais”. O que precisar de conserto, providencie quando possível.

Faça algumas perguntas essenciais

Após a triagem, para você saber o que fica e o que saí, faça para você mesma algumas perguntas. “Qual foi a última vez que usei essa roupa? Em qual ocasião eu a usaria novamente? Não pense no dinheiro que você gastou ao comprar na época, mas no que ela representa agora para você. Muitas vezes essa peça ocupa um espaço que seria extremamente necessário para a funcionalidade do dia a dia.

A ideia não é ir se desfazendo de tudo e sim entender que de fato você não precisa de determinada peça.” Depois de desapegar, você pode doar a peça para uma instituição de caridade, dar uma para uma amiga que adora o seu estilo ou até vender em sites de roupas de segunda mão para ganhar um dinheiro extra.

Separe as roupas por critérios como cor, categoria ou funcionalidade

Agora que você já eliminou o que não quer mais, é hora de organizar. Você pode escolher separar por cor, categoria, funcionalidade ou por outro critério que se encaixar melhor com a sua rotina.

“O ideal é separar por categoria – casaco, saia, calça, blusa – e dentro de cada uma organizar por cor. Por exemplo, as blusas penduradas podem ser separadas por regata, manga curta e manga longa. Primeiro vem as regatas claras até as mais escuras e assim por diante.”

Organizando as gavetas

“Dê preferência por guardar roupas íntimas, pijamas, roupa de ginástica e acessórios. Você pode usar divisórias dentro das gavetas, como as colmeias ou até mesmo fazer sob medida, que facilitam e auxiliam na organização.”

Utilize organizadores

“Caixas fazem a função de gavetas nas prateleiras. Use para guardar biquínis, por exemplo, ou acessórios de inverno (luvas, gorro, cachecol). Outro produto organizador importante é o gabarito, que serve de molde para que as roupas sejam dobradas todas do mesmo tamanho. Isso facilita a organização e o visual fica mais harmônico.”

Padronize os cabines

“Há milhares de opções, materiais, cores, mas independente dessa diversidade de cabides, escolha um modelo para compor o seu guarda-roupa ou closet. Isso vai variar de acordo com o seu gosto, espaço e o quanto você quer gastar.”

Guarde as bolsas em prateleiras

“Coloque algum tipo de enchimento dentro, que é como um travesseirinho, e serve para sustentar e não amassar as bolsas. Ou use a criatividade para fazer outro tipo de enchimento, como saquinhos de sapatos, uma mantinha ou algum outro objeto que faça essa sustentação”.

Via: Vogue

Compartilhar: